12/9/08

Música, por favor

Aínda quedan uns días antes de voltar definitivamente ás aulas, pero xa é tempo de ir despreguizándose. Tamén este blog tan paradiño durante meses. O mellor é comezar con música… e baile:

O baile da biblioteca, de Cabeças no Ar

Texto da Letra: Carlos Tê / João Gil

con Rui Veloso e Vitorino


Vía: Bibliotequeces e O CanTinho


Sou o vosso professor

E sei de um baile de gala

Que se dá todas as noites

Nas estantes da tua sala


Olha Ulisses o Argonauta

A dançar com o mar à proa

Aquele é o senhor Fernando

A dançar com a sua Pessoa


Olha o mestre Gil Vicente

Entre a raínha e o povo

E aquele à frente é o Aleixo

É o poeta do povo


É o baile, é o baile, é o baile

É o baile, é o baile, é o baile

É o baile, é o baile, é o baile, é o baile

Da biblioteca


Sai o Zorro de rompante

Numa lombada de couro

A declarar ser migrante

Para a ilha do tesouro


Ao piano o Conde d'Abranhos

Não dá sinais de abrandar

É preciso o sol nascer

Para o baile acabar


Como se anda Dom Quixote

Largando da mão a lança

Vamos dormir tío Antunes

Que amanhã também se dança


É o baile, é o baile, é o baile

É o baile, é o baile, é o baile

É o baile, é o baile, é o baile, é o baile

Da biblioteca